Quais Clubes Cederam Mais Jogadores Para a Seleção Brasileira em Copas?

Quais Clubes Cederam Mais Jogadores Para a Seleção Brasileira em Copas?

O Botafogo cedeu 46 jogadores para o Brasil em Copas. Entre os clubes mais representados em mundiais, estão os cariocas e os paulistas. Desde 1930, a seleção chamou para a Copa 158 jogadores que atuavam no Rio de Janeiro e 124 atletas de times de São Paulo. Os demais convocados vieram de clubes mineiros, gaúchos e paranaenses. A seguir, apresentamos os times mais importantes na formação da seleção mais vitoriosa do futebol mundial – lembrando que a ME contabilizou o número de convocações, ou seja, Pelé, que foi para quatro mundiais, é contado quatro vezes como atleta cedido pelo Santos.

Tá Tudo Dominado


Pelo Brasil, em Copas, os Botafoguenses só não são maioria embaixo das traves.

GOLEIROS
A seleção teve nove goleiros tricolores em Copas e dois deles foram campeões: Castilho – considerado o melhor da história do clube – era reserva em 1958 e 1962 e Félix era o camisa 1 da inesquecível seleção de 1970.

DEFENSORES (Considerando zagueiros e laterais)
Na zaga, representando o trio de clubes que mais abasteceu a seleção em Copas, estão Nilton Santos (Botafogo), Bellini (Vasco) e Oscar (São Paulo). O São Paulo desempata por ter cedido cinco defensores campeões.

MEIAS
O campeão e o vice em convocações embolam o meio-campo. Pelo lado alvinegro, Didi e Paulo César Caju. Entre os tricolores, Falcão e Gérson. O São Paulo teve quatro meias campeões mundiais contra três do Fogão.

ATACANTES
Só dá Fogão na frente! Contando apenas Garrincha, Zagallo, Amarildo e Jairzinho, foram 15 gols em Copas do Mundo. O último a balançar as redes como jogador do Glorioso em uma Copa foi Bebeto, em 1998.

GOLS
Jogadores de Botafogo e Vasco são os que mais marcaram gols pela seleção em Copas: são 28 gols para cada clube. Dentre os times estrangeiros, a Inter de Milão é a que mais ajudou o Brasil a balançar as redes, com 14 gols – 12 de Ronaldo e 2 de Adriano.

caricatura_selecao

• O time mais indisciplinado em Copas é o São Paulo, com oito amarelos e uma expulsão.

• Palmeiras, Corinthians e São Paulo tiveram, cada um, quatro convocados para seleções gringas.

• O Santos já cedeu três capitães: Mauro (1962), Carlos Alberto Torres (1970) e Marinho Peres (1974).

• De 1950 a 2006, pelo menos um atleta do São Paulo foi convocado a cada Copa do Mundo.

Confrontos diretos


Rivalidades regionais também entram em campo quando o assunto é seleção.

46×34
BOTAFOGO x VASCO

Mesmo tendo cedido menos jogadores, o Vasco empata com o Fogão em gols marcados (28 para cada lado) e também é o time brasileiro que mais marcou gols em um único mundial (15 gols em 1950)

41×24
SÃO PAULO x PALMEIRAS

Os paulistas que mais aparecem em Copas são os únicos presentes em todos os títulos do Brasil. A escrita pode ser quebrada em 2010

11×10
CRUZEIRO x ATLÉTICO-MG

Do lado azul, Friaça, Tostão e Ronaldo; entre os alvinegros, Cerezo, Éder e Taffarel. O Cruzeiro também leva vantagem em relação a gols marcados por jogadores dos dois times em Copas

7×8
GRÊMIO x INTERNACIONAL

Donos de 5 Brasileiros, 4 Libertadores e 2 mundiais de clubes, os gaúchos não vão bem em Copas. O Inter ainda carrega a sina de nunca ter cedido jogadores para seleções campeãs.

Fonte: Mundo Estranho

About

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *