Joss Stone Abre Turnê no Brasil e Encanta Fãs em São Paulo

Bem servida por músicos graúdos, Joss Stone tem tranquilidade para cantar e rir durante o show. E faz as duas coisas com graciosidade. Em sua quinta visita ao Brasil, ela abriu a turnê pelo país neste domingo (11), em São Paulo – mesma noite em que a estrela pop Lady Gaga se apresentava na cidade, no estádio do Morumbi. A coincidência de datas importa apenas como registro. Joss atraiu um público talvez menos caricato que os “pequenos monstrinhos” de Gaga, mas tão fiel e devoto quanto. Não faltaram moças com um figurino (não declaradamente) inspirado no visual hippie da inglesa.


Joss Stone Abre Turnê no Brasil e Encanta Fãs em São Paulo

Os homens, em sua maioria acompanhados das namoradas, deixaram a posição de escolta e participaram ativamente do espetáculo. Os hits da soul music interpretados por Joss atraíram um público diverso, sem recortes de idade e gênero.


Ela subiu ao palco às 20h36 com “For God´s sake”, cover presente em seu novo álbum, “The soul sessions volume 2”. À vontade em solo brasileiro, ela dança, conversa com os músicos, balança os cabelos e usa as camadas de seu longo vestido azul e lilás para sugerir malemolência. Joss não tem o gingado baiano, mas sabe usar seus atributos para requebrar. E cativa rapidamente.


Joss Stone Abre Turnê no Brasil e Encanta Fãs em São Paulo

As músicas do recente trabalho, entretanto, não impediram que ela revisitasse o repertório antigo. Os ótimos medleys de “Tell me what we`re gonna do now” e “Put your hands on me” foram aclamados pela plateia. Assim como ocorreu no Rock in Rio 2011, Joss incorporou ao set list os pedidos dos fãs. Cantou “Karma”, canção não programada para a noite. “Se tocarmos, vai ser ‘meio merda’ porque não estamos preparados. Mas vamos fazer porque vocês pediram”, disse, levando as mãos à boca em sinal de autorrepreensão por ter deixado escapar um palavrão.


“Jet lag”, canção composta por ela aos 14 anos; “Super duper lover”, “You had me”, incansáveis sucessos, são entoados pelo público. Joss arrisca uma postura sensual, mas não se desprende da meiguice. Recolhe os presentes que foram atirados ao palco – dentre eles, um boné que coloca na cabeça, mas retira por “não combinar com o figurino da ocasião”.


Joss Stone Abre Turnê no Brasil e Encanta Fãs em São Paulo

Quem esbanja desenvoltura e atitude são seus backing vocals, que deram uma empolgante aula de dança durante a apresentação.
Quase ao final do espetáculo, ela revela seu amor e predileção pelos brasileiros. “Isso é Brasil. Viemos de tão longe, vou dar uma nova chance. Vocês são tão apaixonados por tudo, é lindo. Aqui é o meu lugar preferido para cantar”, diz, cobrando que o público se empenhe em gastar o gogó durante a canção “Fell in love whit a boy”.


Antes de encerrar, já no bis, ela avisa, cantando: “Eu odeio essa parte, mas eu vou embora em algum momento”. Com “Right to be wrong”, Joss deixa o palco prometendo voltar em breve. E fecha com “Obrigada”, a única palavra que arrisca em português. A turnê de novembro ainda vai a Belo Horizonte no dia 13, Rio (15) e Florianópolis (17).


Fonte: G1 Globo Música/Notícias

About

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *