Como Não Deixar o Sexo Cair na Rotina

Vista-se de todo carinho e desejo do qual você é portadora e dispa-se de todos os conceitos e preconceitos que a amarram em valores que nem você mais se importa com eles e se lance numa entrega total e absoluta aquilo que sempre teve vontade de fazer e nunca fez.

casal-feliz-na-cama

Quando Se Tem Um Par Constante

Viver e realizar nossos desejos mais profundos nem é tão difícil como parece, muitas vezes nós é que complicamos em decorrência da formação que recebemos, passadas de pais para filhos ou impostas pela religião ou sociedade. Mas quando se tem uma relação estável, tudo isso parece ficar ainda mais fácil, mesmo porque o casal pode usar e abusar de tudo que é libidinoso.

Coisas Boas Não Se Tornam Rotineiras

O sexo, como tudo que é bom e necessário para se ter uma vida com qualidade, nunca cai na rotina. O que pode acontecer é o desejo esfriar, a paixão abrandar, mas tudo isso pode ser revertido se pusermos em prática aquilo que queremos ter de volta, ou seja, o encanto das primeiras vezes.

casal-triste-na-cama

Fatos Que Podem Contribuir Para Uma Decaída

Nos dias atribulados de hoje, que mal temos tempo para nós mesmos, realmente não é fácil segurar a barra de uma relação sem que, em algum momento pareça pintar indiferença na mesma. O casal geralmente chega tarde do trabalho e, depois de enfrentar um trânsito terrível, com certeza o cansaço parece maior que o desejo de entrega e carícias. É aí que temos que por a imaginação pra funcionar e aconchegarmos nos braços de quem amamos e que está ao nosso lado. O calor humano ameniza o cansaço e recupera as energias.

Um Bom Banho Para Relaxar

Não há necessidade que seja a dois, mas é muito gratificante ficarem juntos durante o banho e, enquanto se espera que o outro termine, vão conversando sobre os mais variados assuntos. Mesmo os problemas passarão a ter uma dimensão menor e, aos poucos, a vontade de aproximar-se um do outro irá tomar conta da situação.

casal-entusiasmado

Uma Leve Refeição e Já Era

Estiquem o papo até à mesa do jantar, mesmo que seja um simples lanche e criem um clima de romantismo. Insinuem-se um para o outro e, numa brincadeira mútua, caiam enlaçados no primeiro lugar convidativo que aparecer. Não há necessidade de fetiches nem de coisas vãs: o cenário se fará sozinho e a melhor parte quem irá fazer agora é o casal: um sexo idílico, delicioso e inovado.

Fonte: Ana Virginia Miotto – Redação Dona Giraffa

About

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *