Cachorra com 178 anos Caninos Pode Ser a Mais Velha do Mundo

Cachorra com 178 anos Caninos Pode Ser a Mais Velha do Mundo

A idosa Glenice Bagley, de 69 anos, garante que sua cadela, chamada Sheba, tem 25 anos. Se isso for verdade, em anos “caninos” a cachorra é um matusalém com idade equivalente aos 178 anos de um ser humano. A mulher, que mora em Widnes, no Reino Unido, contesta a marca atual de cão mais velho do mundo no Guinness – o Livro dos Recordes – e quer o nome de sua cachorra no registro.

O atual detentor do título é um vira-lata italiano nascido em 1º de outubro de 1987. Com 23 anos, ele seria dois anos mais “moço” que o cão de Glenice.

De acordo com a dona, embora tenha 25 anos, Sheba age como se tivesse cinco. É bem disposta em caminhadas e come duas latas de comida diariamente. Também é mansinha e nunca rosna.

A mulher conta que pegou a canina para criar já grandinha, em 1987, após o bicho se envolver em um acidente de carro. Ela espera apresentar a candidatura da cachorra ao Livro, e acredita que a idade possa ser comprovada pela verificação da arcada dentária.

Conforme o “The Sun“, um porta-voz do Guinness alertou que muitas pessoas alegam ter um animal mais velho de sua espécie, mas não apresentam provas. O processo de verificação incluiria uma declaração de um veterinário e provas documentais como fotos do cão com seu proprietário ao longo dos anos (só falta uma certidão de nascimento registrada em cartório).

Mesmo que o recorde não seja confirmado, pela carinha já dá para notar que Sheba é idosa. Uma cadela velha pra cachorro..

Fonte: Mundoidão

About

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *