35 anos depois: Modelo Responsável Pela Foto Da Tenista Desnuda Resolve Aparecer

Muita gente já viu a imagem dessa moça em algum lugar, mas quase ninguém sabe quem é ela. Curiosamente, apesar desse detalhe, a pose ousada da tenista continua fazendo deste poster um dos mais vendidos do mundo.

Agora, depois de mais de 30 anos e recusas incontáveis de mostrar-se, Fiona Walker decidiu exibir seu rosto publicamente pela primeira vez.

Aos 52 anos, casada com um rico empresário, ela não se arrepende da famosa foto, mesmo não tendo ganhado um centavo com isso. Aliás, ela nem sequer é fã de tênis e confessa que nunca gostou do jogo.

De acordo com o Daily Mail, Sra.Walker tinha 18 anos e estudava artes quando concordou em posar para seu namorado, um jovem fotógrafo ambicioso chamado Martin Elliott.

Com um vestido emprestado, raquete e boné, ela e Elliott criaram uma das imagens mais icônicas da década de 1970.

A foto foi tirada na extinta Universidade de Birmingham em uma tarde de setembro de 1976.

Elliott passou a vender os direitos de imagem, mas manteve os direitos autorais, o que lhe valeu um número estimado de 250 mil euros em pagamentos de royalties. Dois milhões de exemplares foram vendidos em todo o mundo.

Agora, mãe de três filhos, a senhora Walker é filosófica sobre o não pagamento da sua parte, dizendo que ela continua a ser “incrivelmente orgulhosa” da sua pose.

“Eu sou a pior pessoa quando se trata de dinheiro”, disse ela.

“Minha mãe tem uma cópia desbotada, eu só a tenho na forma de um pequeno cartão postal. Acho que é a luz que a torna tão atraente. Ela nunca deixa de me fazer sorrir quando eu vejo. Meus filhos dizem aos amigos que eu era a menina do cartaz, mas a maioria das pessoas não acreditam”, comentou ela.

Se você está se perguntando por que a Sra. Walker nunca quis revelar-se, a resposta está na sua intenção em querer ajudar a promoção de uma exposição sobre tênis,que será realizada na Inglaterra. Ela acredita que sua imagem ganhou “um lugar na história do tênis”.

Sra. Walker disse que Elliott, que morreu no ano passado, ficaria muito empolgado com o legado: “Acho que Martin ficaria orgulhoso do fato de que sua foto está na exposição.”

Via: O Buteco da Net

About

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *