10 Profissões de Risco

10 profissões que hoje em dia oferecem um certo risco. Analisem e me digam qual vocês acham a mais arriscada ou citem outros tipos.

1 – Professor: Hoje em dia são comuns casos de alunos xingando, ameaçando e até mesmo matando os mestres. Não existe mais limites, disciplina e educação. O descontrole é total! E a verdade é que ninguém está nem aí. O governo, a escola, o ensino, os professores e os alunos são desvalorizados constantemente. Antigamente, o aluno respeitava o professor quando era chamado, e tinha que se levantar e falar com respeito. Até a palmatória era um recurso de educação. Professor só se lasca, e por isso que muitos utilizam indiscriminadamente o recurso das licenças médicas.

professora

2 – Músico: Pode ser bom ou ruim. A parte ruim é que o músico lida constantemente com o púlico, ou seja, com a educação/ignorância das pessoas. Os fãs não sabem o limite de agradar/perseguir o artista, o que pode gerar excessos tanto de paixão, como de raiva. É uma relação muito passional. Uma música que desagrada, a negação de um autógrafo, tudo pode irritar o público.

3 – Joalheiro: Com essa onda de assaltos a joalherias em São Paulo, principalmente em shoppings centers, não duvido nada de que logo se torne uma constante em todo o país. A segurança falha, o que motiva mais a ousadia dos bandidos.

Joalheiro

4 – Empresário: O Brasil é um país sacana, acho que todos sabemos. Abrir, fechar e manter uma empresa aqui não é fácil. Impostos, burocracia, falta de apoio por parte do governo, entre outros, tudo implica em dificuldades. Mas aí, quando é pra declarar o Imposto de Renda, o governo fiscaliza que é uma beleza. O leão é fogo!

5 – Caixa de banco: Outra que também é caracterizada pelas falhas dos sistemas de segurança. Acham que colocando aqueles guardinhas com pistola de chumbinho vão muito segurar as quadrilhas com metralhadoras.

6 – Motorista: Pode ser de ônibus, táxi, caminhão, moto, van ou carro de passeio, não importa. Pra tomar um tiro no meio dos peitos não é preciso muito. Uma buzinada, uma fechada, até uma olhada de cara feia já pode ser motivo para irritar o já estressado outro motorista e a coisa acabar da pior maneira. A dica é: não queira dar uma de valente no trânsito… deixa passar e vá com Deus!

motorista

7 – Ambulante: Olha o rapa! Só digo isso.

8 – Policial: É a profissão em que há a maior discrepância entre o que se paga ao profissional e o risco envolvido. Em São Paulo e Rio – as cidades mais violentas do país – policiais chegam a ganhar menos de R$ 1.000. É um absurdo! E também muita coragem.

9 – Síndico: Hoje em dia ninguém sabe mais quem é o seu vizinho. Reunião de condomínio é um saco. Pagar o condomínio é só despesa, nunca um investimento. Tudo irrita, e ser síndico pode ser muito perigoso. Tanto pelas obrigações normais, como até para separar briga de vizinhos, reclamar do som depois das 22 horas, avisar sobre carro estacionado em local proibido. É preciso muito cuidado quando for bater à porte de um desconhecido, ali pode se iniciar uma profunda relação de ódio.

prostituta

10 – Prostituta: Povinho aí que viu Bruna Surfistinha pode achar que vida de prostituta é glamour e etc, mas a verdade parece ser bem diferente. Vida noturna, solitária, encontro com desconhecidos, agressões, vulgaridades, doenças, drogas, crimes. Um mundo bastante perigoso.

About

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *